Home Ciência TERAPIA COM OZÔNIO E SEUS INCRÍVEIS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

TERAPIA COM OZÔNIO E SEUS INCRÍVEIS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

134
0
Curso Desenvolvimento de Games
RSS Feed

Vídeo sobre TERAPIA COM OZÔNIO E SEUS INCRÍVEIS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE. Você já ouviu falar sobre ozonioterapia?

Além de estar presente na camada da estratosfera que nos protege, o Ozônio é um gás com infinitas aplicações e também pode ser benéfico para o corpo humano. Sabia disso?

Muita gente já ouviu falar da ozonioterapia, uma das terapias alternativas aplicadas e estudadas há mais de 150 anos.

De acordo com pesquisadores, o ozônio foi descoberto em 1840 e começou a ser utilizado na área da saúde ainda no século XIX, por médicos alemães.

O procedimento passou a ser difundido em toda a Europa, no Canadá, México, China, em 23 estados dos EUA e Cuba.

Os praticantes da terapia com ozônio aplicam formas gasosas ou líquidas do produto por diversas vias de administração, como endovenosa, intramuscular e retal, com finalidade terapêutica para diferentes condições médicas.

A mistura gasosa tem cerca de 5% de ozônio e 95% de oxigênio e é produzida por equipamentos chamados geradores de ozônio medicinal.

Na Primeira Guerra Mundial, era usada para desinfetar as feridas, além de servir como anti-inflamatório e melhorar o fluxo sanguíneo dos combatentes.

Porém nos dias de hoje, na medicina, a terapia com ozônio é usada para melhorar a oxigenação dos tecidos, a circulação sanguínea e reduzir dor e inflamação.

Além disso, o ozônio teria importantes propriedades bactericidas, fungicidas e antivirais. Incrível não é?

Um estudo revisado em 2011 relata que a terapia com ozônio teve efeitos terapêuticos nos seguintes usos: tratamento de artrite, desinfecção de feridas, fortalecimento do sistema imunológico, combate ao HIV e SARS, contribui para o tratamento de doença isquêmica do coração, degeneração macular e câncer.

Mas atenção: é importante saber que somente profissionais capacitados podem indicar a dosagem e a via correta de aplicação da Ozonioterapia.

Além disso, o ozônio é um gás altamente instável e nocivo se inalado, necessitando ser gerado de forma precisa com equipamentos específicos, no local do uso.

Hoje, a terapia de ozônio tem múltiplas finalidades. Cada vez mais ela ganha espaço nas clínicas médicas, estéticas e aponta para a população benefícios significativos.

Além de tudo que já comentamos antes, o ozônio serve para higienizar alimentos como frutas e verduras, colchões, estábulos; também pode ser usado na estética para prevenir rugas e linhas de expressões; pode ser usado para melhorar a dor articular, dores crônicas, hérnias de disco, protrusão discal e dores lombares; contribui para o tratamento de colites e outras inflamações intestinais crônicas; melhora doenças virais, como hepatite e herpes; e ajuda no tratamento de vários tipos de câncer, ajudando a combater tumores e reduzindo os efeitos colaterais da Radioterapia e da Quimioterapia.

E ainda pode ser usado por meio do óleo ozonizado, para massagens locais. Incrível tudo isso não é? Pessoas que passam pela ozonioterapia costumam relatar efeitos colaterais semelhantes aos da gripe, com sintomas ficando menos intensos com o tempo. No caso da aplicação pelo reto, o paciente pode sentir desconfortos, cãibras e gases em excesso, porém tudo isso é temporário.

Vale reforçar que o ozônio nunca deve ser inalado, pois pode queimar, provocar tosse, náuseas, vômito e dores de cabeça, e em casos mais graves, complicações respiratórias.

Você já fez ozonioterapia? Conhece alguém que tenha feito?

#ozonioterapia #terapiadeozonio #Natureba

Gostou deste vídeo? Se você gostou do vídeo, curta, se inscreva no canal e compartilhe com seus amigos.

*O acompanhamento de um profissional da área de saúde é fundamental para uma boa saúde. O Natureba é um espaço informativo, de divulgação e educação com temas relacionados a saúde, nutrição e bem-estar. As informações e sugestões contidas neste vídeo têm caráter meramente informativo, não devendo ser utilizado como substituto de diagnóstico ou diagnóstico médico sem antes consultar um profissional de saúde – médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

OBS: Remédios naturais também tem efeitos colaterais, já que agem de formas diferentes em cada organismo, por isso antes de usar qualquer tratamento alternativo consulte sempre seu médico.

Para mais informações, fonte e referência, acesse nosso BLOG pelo link que está na aba SOBRE do nosso canal!

Receba Novidades!

Inscreva-se para receber novidades diretamente por e-mail.

Invalid email address
Prometemos não enviar spam.
Curso de Desenho Método Fan Art

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Please enter your comment!
Please enter your name here