Home Ciência Cientistas dizem que não posso viajar no tempo através de um buraco...

Cientistas dizem que não posso viajar no tempo através de um buraco de minhoca

320
0
E-book Curso para Criar Aplicativos
RSS Feed

Apesar da possibilidade em viajar no tempo ser defendida por diversos cientistas, incluindo o físico Stephen Hawking, alguns pesquisadores concluíram em teoria que a viagem não seria possível através de um buraco de minhoca, pois essa estrutura cósmica não seria estável suficiente para se sustentar no Universo. A possibilidade até então então defendida, poderia ocorrer através da curvatura espaço-temporal ou de um buraco de minhoca, isto é, uma espécie de túnel ligando um ponto no espaço para outro distante, ou até mesmo dois universos.

“Nossa esperança para a existência desses objetos exóticos repousa no fato de que as equações de Einstein permitem que os buracos de minhoca sejam sua solução”, declarou o físico da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Roman Konoplya. “Para buracos de minhoca serem atravessáveis e não entrarem em colapso por causa de efeitos gravitacionais, a força de repulsão no buraco de minhoca deveria ser extremamente alto”, completou Konoplya.

Essa força de repulsão necessária poderia ser produzida, segundo físicos teóricos, através da concentração de energia escura ou por meio de flutuações de vácuo nos campos quânticos nos arredores do buraco de minhoca.

Cálculos feitos por cientistas gregos e alemães concluíram que a repulsão é possível simplesmente como resultado de correções quânticas da teoria de Einstein motivada pela teoria das cordas na aproximação de baixa energia, a denominada teoria de Einstein-Gauss-Bonnet.

Assim, se um buraco de minhoca demonstrar estabilidade de alguma forma, seria então possível a viagem no tempo. No entanto, este novo estudo apresentado, explica que esta almejada estabilidade seria impossível. “Infelizmente, esses resultados significam que ainda não temos um modelo de buraco de minhoca teoricamente consistente sem suposições exóticas”, disse Konoplya.

Fonte:
American Physical Society:
https://journals.aps.org/prd/abstract/10.1103/PhysRevD.98.044040

Receba Novidades!

Inscreva-se para receber novidades diretamente por e-mail.

Invalid email address
Prometemos não enviar spam.
Curso Desenvolvimento de Games

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Please enter your comment!
Please enter your name here